ÁUDIO REVELA QUE AEROPORTO DE CLÁUDIO ERA MESMO DE AÉCIO

Padrão

As gravações da Polícia Federal trazem mais uma confirmação humilhante para o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG); de acordo com os grampos, o aeroporto de Cláudio (MG), construído com dinheiro público na sua gestão, servia para atendê-lo e a chave ficava com seu segurança; a informação veio em uma conversa interceptada de Frederico Pacheco de Medeiros, primo de Aécio, o mesmo indicado pelo tucano para receber R$ 2 milhões, solicitados pelo tucano ao empresário Joesley Batista, da JBS; o aeroporto de Cláudio foi construído em uma área que pertencia a um tio-avô de Aécio; a obra foi concluída em 2010, a um custo de R$ 13,9 milhões; a pista fica próxima a uma fazenda da família..

As gravações da Polícia Federal trazem mais uma confirmação humilhante para o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que se licenciou da presidência do PSDB e já foi afastado do cargo de senador pelo Supremo Tribunal Federal.

De acordo com grampos da operação controlada da Polícia Federal deflagrada na semana passada, o aeroporto de Cláudio, em Minas Gerais, construído com dinheiro público durante a gestão de Aécio, servia para atender a família do tucano e a chave ficava com seu segurança, informa reportagem de Fábio Leite.

A informação veio em uma conversa interceptada de Frederico Pacheco de Medeiros, primo de Aécio, o mesmo indicado pelo tucano para receber R$ 2 milhões solicitados pelo senador ao empresário Joesley Batista, da JBS, segundo ele para pagar despesas do advogado no âmbito da Lava Jato.

O aeroporto de Cláudio foi construído em uma área que pertencia a um tio-avô de Aécio. A obra teve início durante sua gestão e foi concluída em 2010, a um custo de R$ 13,9 milhões. A pista fica próxima a uma fazenda da família Neves.

Confira o diálogo de Fred:

“Se o Duda tá descendo no avião alguém vai abrir o portão pra ele ou não?”, pergunta o interlocutor não identificado. “Sim, já deve ter aberto… ele já deve ter saído e já deve ter fechado”, responde Fred. “E quem que é essa bênção de pessoa?, continua o interlocutor. “Deve ser o segurança do Aécio”, diz Fred. “Ah, ele tem a chave?”, insiste o interlocutor. “Deve ter.. tô imaginando na condição de alguém for lá abri-lo…Eu não sei nem se vai, mas deve…Passa lá na porta”, conclui Fred.

Pai do primo de Aécio Neves desabafa: ‘Sua carreira política acabou’

Padrão

A declaração refere-se ao filho de Lauro, Frederico Pacheco, preso, na última quinta-feira (18), pela Lava-Jato

“Para o bem do Brasil, sua carreira política está encerrada”, desabafou, nas redes sociais, o desembargador aposentado Lauro Pacheco sobre o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG). A declaração refere-se ao filho de Lauro, Frederico Pacheco, preso, na última quinta-feira (18), pela Lava-Jato.

No texto publicado na conta da mulher dele, no último domingo, o desembargador escreveu que a lealdade do filho dele a Aécio que colocou Frederico atrás das grades. “Falta-lha, Aécio, qualidade moral e intelectual para o exercício do cargo que disputou de Presidente da República”, diz o texto.

Questionado sobre o post, Lauro confirmou a autoria, após o desabafo viralizar na internet. “Não quero dar entrevista, mas confirmo que o texto é meu. Está lançado. Compartilhei no perfil da minha mulher porque não sei mexer nessas coisas. Ele (Frederico) admirava demais o Aécio. Agora, meu filho está preso, tadinho”, disse Lauro Pacheco, em entrevista ao GLOBO.

Prisão

O primo distante de Aécio, Frederico Pacheco de Medeiros, foi preso preventivamente pela Polícia Federal, no mesmo dia da irmã do tucano, Andreia Neves. Conhecido como Fred, ele teria sido filmado recebendo R$ 2 milhões a mando de Joesley Batista, da JBS.

Leia abaixo, na íntegra, o texto escrito pelo pai de Frederico Pacheco:

“Meu filho Frederico Pacheco de Medeiros está preso por causa de sua lealdade a você, seu primo.

Ele tem um ótimo caráter, ao contrário de você, que acaba de demonstrar, não ter, usando uma expressão de seu avô Tancredo Neves, ‘um mínimo de cerimônia com os escrúpulos’. Vejo agora, Aécio, que você não faz jus à memória de seu saudoso pai o Deputado Aécio Cunha. Falta-lha, Aécio, qualidade moral e intelectual para o exercício do cargo que disputou de Predisente da República. Para o bem do Brasil, sua carreira política está encerrada.

Ass. Lauro Pachedo de Medeiros Filho

Desembargador aposentado do Tribunal de Justiça de Minas Gerais”.

Polícia Federal divulga conversa entre Aécio Neves e o ministro Gilmar Mendes

Padrão

 

A Polícia Federal divulgou uma conversa telefônica entre o senador afastado Aécio Neves, na época presidente do PSDB, e o Ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, sobre a Lei de Abuso de Autoridade. O supremo autorizou a gravação, feita pela Polícia Federal.

Investigador faz lista com 9 assassinatos estranhos que podem ser ligados a políticos

Padrão

“Tem que ser um que a gente mata ele antes de fazer delação…”

Vamos de teoria da conspiração?

Vamos lá :

1) Modelo usada em entrega de grana é assassinada…

Vio Mundo

2) Empresário que comprou avião de Eduardo Campos é encontrado morto;

G1 Globo

3) Arthur Sendas, do Conselho da Petrobrás, morre assassinado; 

http://m.extra.globo.com/noticias/rio/empresario-arthur-sendas-morre-apos-levar-tiro-dentro-de-apartamento-594902.html

Ataque Aberto

4) Roger Agnelli, CEO da mineradora Vale, morre em queda de avião, após escrever carta com denúncia sobre corrupção na Vale endereçada à Dilma Rousseff (governo tenta substituí-lo desde 2011). Caixa preta do avião com dados do vôo não é encontrada; 

Pensa Brasil

5) Eduardo Campos morre em queda de avião. Caixa preta não é encontrada;

Veja Abril

6) Executivos da Seguradora Bradesco, um dos principais acionistas da Vale, morrem, em queda de avião. Caixa preta é encontrada danificada, ilegível; 

Folha

7) Ex-diretor da Agência Nacional de Petróleo, morre ao cair do 11° andar;

http://economia.ig.com.br/empresas/2015-11-09/ex-diretor-da-anp-morre-apos-queda-do-proprio-apartamento.html

08) Policial que denunciou Aécio é encontrado morto;

http://www.revistaforum.com.br/2016/03/26/policial-civil-que-fazia-denuncias-contra-aecio-neves-e-encontrado-morto-em-belo-horizonte/

09) Teori Zavascki, relator da Lava Jato no STF, morre em queda de avião, às vésperas de homologar a delação de Odebrecht, em que ex-presidentes da República, o atual presidente do Senado e o atual Presidente da República e muitos outros da classe política tiveram seus nomes envolvidos.

G1.globo

E por aí segue a sinfonia das “teorias de conspirações”

VEJA A GRAVIDADE DOS DIÁLOGOS ESTARRECEDOR ENVOLVENDO TEMER, AÉCIO, PROCURADORES E ATÉ DOIS JUÍSES

Padrão

O vídeo mostrar trechos da conversa estarrecedora entre Michel Temer e o empresário Joesley Batista, um dos donos da empresa JBS.

 

Diálogo esse que abalou o núcleo de um governo já desgastado. São trechos de uma conversa feita na calada da noite, fora dos horários habituais e registrados, dentro do palácio do jaburu, residência oficial de temer. O diálogo passa por compra do silêncio de Eduardo Cunha… Obstrução de justiça… Compra de dois juízes… Vazamento de informação confidencial da força tarefa por procurador, entre tantos outros gravíssimos assuntos.

E o pior: Michel Temer, por diversas vezes, concorda com o empresário. Nós vamos acompanhar agora um trecho da conversa que traz detalhes sobre Eduardo Cunha e Geddel Vieira Lima, ex-ministro da secretaria de governo. O áudio teve o sigilo liberado no início da noite de ontem. Acompanhe.